Ser mãe e praticar esporte é possível?

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

No mês das mães vamos ressaltar a importância do exercício para as mulheres. A atividade física regular não só é possível como essencial para a mãe. Durante e após a gestação a mulher passa por transformações físicas e psíquicas enormes.

O exercício para gestantes que não apresentam contraindicações serve como tratamento e prevenção comprovadamente eficaz diminuindo a incidência de situações como parto prematuro, alterações de peso fetal ao nascer, hipertensão e diabetes gestacional, seguidas ou não, de morte fetal e/ou materna.

Depressão afeta aproximadamente 13% e ansiedade afeta até 39% de mulheres grávidas e puérperas, segundo a OMS. Essas condições afetam o desenvolvimento cognitivo, emocional e social dos filhos.

Além disso, com a atividade física regular há um melhor controle de peso, melhora da autoestima, melhor relação com os filhos e manutenção da vida social. Quando uma mãe pratica exercício regularmente ela está ensinando ao seu filho a ter equilíbrio de corpo e mente e cumprindo a sua missão dando o melhor exemplo de vida.

As maiores esportistas do mundo, um Feliz Dia das Mães!

Dra. Potyra Labonia Matiello (CRM-SP 113025) – ginecologia do esporte

Compartilhe esse post com seus amigos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin